Histórico

Em atuação desde 1973, fazemos a diferença nas comunidades onde atuamos, com uma receita que envolve mobilização, criatividade e transformação social.

Nos nossos mais de 40 anos, fortalecemos os agricultores familiares por meio da distribuição de 249 títulos que abordam temas voltados ao desenvolvimento de tecnologias agrícolas, e também de projetos de assistência técnica.

Em 2011, passamos por mudanças na nossa estrutura e conceito, consolidando a atuação no tema alimentação. Desde então, temos apoiado organizações não governamentais e estimulando jovens inovadores, por meio do apoio anual de projetos que promovam a transformação social e a geração de valor na cadeia da alimentação, além de manter projetos próprios, focados na capacitação de pequenos agricultores.

Ser referência na promoção e na disseminação de conhecimento para uma alimentação saudável, segura, sustentável e acessível tornou-se a nova visão da Fundação Cargill. Um desafio que abraçamos com entusiasmo para abrir novos horizontes diante de uma temática tão importante para os nossos dias.

Linha do Tempo

 

Conheça os projetos, os prêmios e as ações que ajudaram a construir a nossa história:

1973

 

Dia 18 de setembro é publicado no Diário Oficial da União o ato de criação da Fundação Cargill, inicialmente sediada em Campinas (SP), com o objetivo de promover o desenvolvimento agropecuário por meio da difusão de novas tecnologias.

Década de 80

 

A Fundação dedica sua primeira década à publicação de uma série de títulos que levam ao agricultor conhecimento sobre novas tecnologias, contribuindo para o avanço da agricultura brasileira. Até o final da década foram 100 publicações.

Década de 90

 

Em 1993 a Fundação lança o projeto Semear, que introduziu o ensino agrícola nos currículos do Ensino Fundamental. Em 1998 a Fundação Cargill muda sua sede para São Paulo capital e, no ano seguinte, inicia a programa Fura-Bolo que desenvolveu uma coleção composta por oito livros sobre educação alimentar voltados aos alunos do Ensino Fundamental, beneficiando 13 mil alunos.

Década de 2000

 

Em 2004, a Fundação Cargill cria o projeto de grão em grão, responsável pela implantação de hortas em mais de 130 escolas municipais. O jornal Fura-Bolo ganha os prêmios nacional e regional da ABERJE (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), na categoria Boletim Externo. No ano seguinte, foi a vez do projeto de grão em grão conquistar o Prêmio Aberje, na categoria Relacionamento com a Comunidade. Também venceu o Prêmio Eco, concedido pela Câmara Americana de Comércio de São Paulo e uma série de outros prêmios regionais em Uberlândia (MG) e Lucas do Rio Verde (MT). Pelo desenvolvimento destes dois programas, a Cargill recebe o Troféu Empresa Cidadã, no 14º Fórum de Cidadania Empresarial. Ao final da década, o Fura-Bolo acumulava a marca de mais de um milhão de livros distribuídos e o projeto de grão em grão mais de meia tonelada de alimentos produzidos.

2010

 

Em 2011 a Fundação Cargill redefine seu posicionamento estratégico, assumindo como missão “promover a alimentação saudável, segura, sustentável e acessível, do campo ao consumidor”. O voluntariado ganha força e a instituição passa a realizar eventos focados em alimentação. Um edital anual seleciona os projetos de organizações não governamentais desenvolvidos em cidades onde a Cargill atua, que passam a receber apoio financeiro e capacitação em gestão, fortalecendo assim a cadeia da alimentação, do campo ao consumidor.

2011

 

Entrega do projeto de saneamento básico da zona rural em Porto Velho (RO), realizado em parceria com a EMBRAPA e a Agência do Governo Norte-Americano de Ajuda Humanitária (USAID).

Reposicionamento estratégico da Fundação Cargill. Nova missão: Promover a alimentação saudável, segura, sustentável e acessível do campo ao consumidor. Nova visão: Ser referência na promoção e disseminação de conhecimentos para alimentação saudável, segura, sustentável e acessível.

2012

 

Durante o primeiro ano da Fundação Cargill com o seu novo foco, foram realizados 15 projetos que beneficiaram mais de 45 mil pessoas em cerca de 20 cidades brasileiras.

Estruturação de 23 comitês de voluntariado, atendendo 36 cidades.

Parceria com o SESI para a criação do manual Alimentação Segura, Boas Práticas para utilização das merendeiras do Programa “de grão em grão”.

2013

 

A Fundação Cargill, em comemoração aos seus 40 anos, realizou o Seminário Alimentação em Foco. O evento, realizado na sede da FIESP em São Paulo, reuniu profissionais do segmento alimentício, empresas, poder público, nutricionistas, estudantes, imprensa e funcionários da Cargill.

Com o apoio do Ministério da Cultura e do Governo Federal, a Fundação Cargill lançou o livro No Caminho das Águas.

Realização de 14 projetos com foco em alimentação que beneficiaram mais de 8 mil pessoas em 11 cidades de 6 Estados brasileiros.

2014

 

Lançado o novo Programa de Voluntariado Corporativo. Ele dissemina o conhecimento sobre a alimentação saudável apresentando atividades que serão desenvolvidas com crianças de 6 a 10 anos de idade e suas famílias. A iniciativa também incentiva a atuação dos voluntários no Programa “de grão em grão” e, ainda, em ações pontuais dos projetos sociais apoiados pela Fundação Cargill. Desde o lançamento, foram treinados 266 voluntários, de 25 cidades.

O Programa “de grão em grão” beneficiou cerca de 35 mil alunos, 1400 professores e 400 merendeiras, em 88 escolas municipais em 7 cidades.

Além disso, foram apoiados 15 projetos voltados para o tema da alimentação, beneficiando cerca de 20 mil pessoas, de 60 instituições, em 8 cidades.

No ano de 2014, a Fundação Cargill esteve presente em 13 cidades de 7 estados Brasileiros.

2015

 
A Fundação Cargill aperfeiçoa a sua forma de apoio a projetos, por meio de Edital que além de oferecer apoio financeiro aos projetos selecionados também oferece apoio de gestão, favorecendo assim a sustentabilidade das iniciativas. No total, ao longo do ano, a Fundação apoiou 14 iniciativas em 19 cidades. Juntas, estas iniciativas  beneficiaram mais de 48 mil pessoas e envolveram seus 492 voluntários.

A Fundação lança o Prêmio Alimentação em Foco, em parceria com a Enactus, estimulando jovens universitários a desenvolverem projetos inovadores e transformadores na área da alimentação.

2016

 
Em 2016, a Fundação Cargill lança o aplicativo Nutriquiz, um jogo em formato de perguntas e respostas que dissemina informações para promover escolhas conscientes na hora da alimentação. O ano também foi marcado pelo apoio ao Refettorio Gastromotiva, projeto idealizado pelo chef David Hertz, fundador da Gastromotiva e Massimo Bottura. A iniciativa transforma as sobras dos alimentos servidos na Vila Olímpica, durante os jogos Olímpicos e Paralímpicos, em pratos preparados por renomados chefs  para alimentar pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Por meio de projetos próprios, parcerias e iniciativas selecionadas via edital, a Fundação Cargill atuou em comunidades por todo o País, totalizando 40 projetos em 52 cidades, que beneficiaram mais de 34 mil pessoas.

X